:: Página Principal  
 
Reportagens - 10s FuelTech Street Radial Club


10s FuelTech Street Radial Club
Um seleto clube para os carros que correm de radiais nacionais em 10 segundos.

Acaba de ser fundado o 10s FuelTech Street Radial Club, onde para ser sócio tem que correr o quarto de milha calçado de pneu radial nacional abaixo dos 10s999. A barreira dos dez segundos é um marco na carreira de qualquer competidor de radiais, e por isso nasceu o clube — para homenagear a conquista. Esse ninho de cobras criadas tem 20 sócios fundadores, pilotos que atingiram a cobiçada marca no passado. O número máximo de sócios será 35. Ou seja, 15 vagas estão abertas para fechar o grupo dos 35 primeiros carros da história a entrarem nos 10 segundos com radiais nacionais.

A iniciativa da fundação do Club surgiu após a 4ª etapa da Copa Brasil de Arrancada 2012, onde o desempenho dos radiais foi destaque na corrida. Anderson Dick, diretor de engenharia da FuelTech, foi o idealizador do Club e comentou sobre a iniciativa inédita no Brasil: “Sempre gostei muito desses clubes por tempo: são uma antiga prática americana da arrancada. A intenção é destacar os primeiros a quebrarem grandes barreiras de desempenho. Então, adaptei o formato para a nossa realidade, afinal nada mais justo que eternizarmos o primeiros grandes pilotos que escrevem a nova era da nossa arrancada”.

Os sócios do 10s FuelTech Street Radial Club recebem uma camisa exclusiva com o brasão do ‘clã’ e um adesivo para colarem no carro. Apesar da simplicidade do prêmio, o que interessa não é o valor financeiro dele, mas sim quanto suor existe por trás da singela homenagem. Só mesmo quem alcançou a cobiçada casa dos 10 segundos saberá o real valor da camisa e da filiação ao Club.

O sócio com o mais antigo tempo registrado nos 10 segundos e, consequentemente, o primeiro a quebrar essa barreira, é Cacá Daud. Em 2.007, o piloto do interior paulista registrou 10s884 na pista de Curitiba a bordo de seu Astra DT-A 245 (nessa época a categoria ainda usava radiais). Dentre os membros do seleto Club, o mais rápido é Vilson Ferreira, da curitibana Julieta Competições, atual detentor do recorde brasileiro da DT-B, 10s395. O primeiro piloto da Turbo-B a entrar no Club foi Leandro Betine, da Evolution Performance.

A premiação dos sócios fundadores acontecerá na próxima etapa da Copa Brasil de Arrancada no Velopark, prevista para acontecer em outubro. “Nessa mesma etapa vamos apresentar mais um Club, o FuelTech 8s Small Slick Club, que será uma coroação para os três primeiros Turbo-A que entrarem nos 8 segundos. O formato desse Club e sua premiação, que será muito especial, serão divulgados algumas semanas antes da corrida”, revela Anderson Dick.


Sócios fundadores do 10s FuelTech Street Radial Club

Vilson Ferreira
DT-B 231
Julieta Competições
Marcel Falato
DT-B 4
Espaço Motor
Javier Mendoza
DT-B 286
Lelo Motorsport
Joacir Córdova
DT-B 2009
Julieta Competições
Marcos Pasqualini
DT-B 28
Neguinho Preparações
Charles Ucocovich
DT-B 34
Stumpf Preparações
Kleber Felício
DT-B 431
Espaço Motor
Wilian Tarabain
DT-B 200
Evolution Performance
Jeferson Schimitt
DT-B 12
EvolutionPerformance
Fernando Sevegnani
DT-B 901
Espaço Motor
Evandro Oliveira
DT-B 272
Fachinetto Motorsport
Adalberto Jahn
DT-B 27
Julieta Competições
Roni Mendonça
DT-B 285
Lelo Motorsport
Fábio Zarbielli
DT-B 66
MB Racing
Marcel Ferreira
DT-B 708
Julieta Competições
Cacá Daud
DT-A 245
Caca Daud Racing
Carlos Bento
DT-B 285
Lelo Motorsport
Ibere Gonçalves
DT-B 473
Tomate Racing
Leandro Betine
DT-B 333
Evolution Performance
Adriano Prado
DT-B 3
Dragster Motorsport

Regras básicas para associação:

O 10s FuelTech Street Radial Club é uma homenagem da FuelTech aos pilotos, ou seja, não existe a intenção de burocratizar a entrada dos 35 sócios. Sendo assim, as regras são básicas e a FuelTech se reserva o direito de avaliar internamente quaisquer discussões em relação ao Club.

Obrigatoriedades básicas para os novos membros:

- Correr os 402 metros com tempo de pista de 10s999 ou abaixo

- Utilizar injeção eletrônica FuelTech

- Estar enquadrado dentro do atual regulamento unificado da DT-B

- Registrar o tempo no AIC, Velopark ou Amazonas Dragway, durante uma competição com supervisão da federação local e sistema de cronometragem tradicional

- O tempo deverá ser homologado em uma bateria válida da competição

- Competições fora do escopo citado acima serão avaliadas pontualmente pela FuelTech sobre validação para o Club

- Pedidos de validação para entrada no Club e dúvidas devem ser encaminhadas para o seguinte e-mail: [email protected]

OBSERVAÇÃO: A primeira etapa do Campeonato Paranaense 2012, realizada nos dias 3 e 4 de março, não foi validada para o Club devido a inconsistências no sistema de cronometragem.



 
  :: Página Principal